WhatsApp

(11) 97970-0276

FURTO

Trio é preso por efetuar saques do auxílio emergencial com cartões clonados em S.B.C

Policiais surpreendem um dos integrantes dentro da agência bancária durante a retirada do dinheiro de beneficiários

19/07/2021 22h07Atualizado há 3 meses
Por: Carlos Garcia

 

Total de R$ 2.138 de contas de cidadãos contemplados pelo Auxílio Emergencial, retirados por trio fraudador; além de 120 cartões da C.E.F clonados, 03 aparelhos celulares e chave de automóvel, apreendidos junto aos três criminosos - Imagem: Polícia Militar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No último sábado (17), Policiais Militares do 6º Batalhão prendem trio no bairro Rudge Ramos, São Bernardo do Campo, por sacar o Auxílio Emergencial com cartões da Caixa Econômica Federal (C.E.F), clonados de 120 beneficiários.

Segundo agentes, um dos integrantes é surpreendido dentro da agência bancária durante o saque de 2.138 reais, retirados das contas de pessoas contempladas por esta assistência, devido a problemas causados pela sindemia da covid-19.

Além do montante e diversos dispositivos magnéticos, os P.Ms apreenderam aparelho celular e chave de veículo, junto ao primeiro fraudador detido.

Policiais questionaram a razão de ele estar com vários cartões do mesmo banco, e sobre a alta quantia em dinheiro em suas mãos. O fraudador confessou o crime e alegou que outros dois indivíduos participavam do delito e que ambos o aguardavam dentro do automóvel nas imediações do local de abordagem.

O segundo integrante do trio foi encontrado nas redondezas da agência bancária, após o reforço de diversas viaturas da P.M. Junto ao detido, agentes apreenderam outros dispositivos magnéticos e aparelho celular.

Ele relatou aos policiais que, o terceiro fraudador estava no interior de um hipermercado, situado na Rodovia Anchieta. Agentes efetuaram o cerco pelo local e obtiveram êxito em abordá-lo.

Conforme os PM.s, aparelho celular e mais cartões da Caixa Econômica Federal foram apreendidos junto ao último integrante do trio.

Ainda segundo agentes, além da quantia de R$ 2.138, os três fraudadores do Auxílio Emergencial, possuíam a senha de todos os 120 dispositivos magnéticos, inseridas em um adesivo.

O trio foi conduzido ao 2º Distrito Policial de São Bernardo do Campo, onde está preso por Furto Mediante Fraude. De acordo com o Artigo 155º, a pena é de 02 a 08 anos de reclusão.

 

Ele1 - Criar site de notícias